quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Minhas bijuterias felinas

Hoje vou apresentar as bijuterias de gatinhos que tenho. Sempre quando vejo uma, fico louca para comprar!

Eu tinha mais, mas foram quebrando, perdendo, estragando....

Dá uma espiada!

Brinquinhos parecidinhos, só muda a cor e o gancho. O rosinha eu ganhei de presente!

Brincos. O da direita é tão pequenininho, mas é um gatinho

Mais brincos. Todos dourados

Brincos prateados

Esses são pingentes de correntinha. O branquinho tenho desde os 9 anos de idade

Outros pingentes e correntes, só que prateados

Brinquinhos. Olha, uma Hello Kitty!

O da esquerda é uma pulseira, e o da direita um broche

Esse é meu xodozinho. Um pingente de ouro, que ganhei do meu marido


Breve colocarei mais coisas de bichanos por aqui.

Beijos, bom fim de semana!


quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Encomenda de gatos

Tenho uma loucura por coisas com motivos de gatinhos. A loucura é tanta que tudo o que vejo que tem a cara de um miau, quero comprar.

Por isso, tenho muitas blusinhas, brinquinhos e outras coisinhas com gatinhos. Na verdade, eu já havia prometido mostrar tudo o que tenho, mas aos poucos vou tentar postar aqui.

Hoje vou mostrar a blusinha e brinquinhos que encomendei da loja Gatamia. De quebra, ainda ganhei dois botons de gatinho.

Blusinha tipo minivest com gatinho bordado

Detalhe do gatinho com lacinho

Brincos e botons de gatos. Amei!



Quanto aquelas meninas manhosas, continuam arteiras. Olha só a disputa delas para ver quem tomava água primeiro na pia. E eu tenho que dar água, viu? Senão, é uma choradeira danada!

Beijinhos!






quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Phoebe de castigo, Belinha sob proteção e Jasmin mais boazinha

Olha só quanta novidade em uma semana, hein!

Pois é, Phoebe é quem andou dando trabalho nesta semana. A danada sempre perseguiu a Belinha, e esta semana parecia que ela tinha prometido que iria pegá-la na hora do recreio.  E o fez. 

Que foi? Eu não fiz nada!
Phoebe pulou em cima da Belinha numa hora em que estávamos longe e mordeu a coitada. O grito da Belinha foi tão alto e longo que achei que tinha até arrancado um pedaço da peluda. Mas o que ela arrancou foi pelo, e muito pelo. Tufos de pelo no chão e o que sobrou foi o castigo. A bronca foi feia e agora ela nem pode chegar perto da Belinha, que está sob proteção nossa.

Eu tenho que correr dessas loucas o dia todo! Ajuda aí, pô!
Minha opinião para todo esse problema com a Belinha é o jeito de ser dela. Belinha sempre foi reservada, não gosta de outros felinos e nem que se aproximem dela. Quando pequena, Phoebe tentou fazer amizade com a Belinha, mas esta não quis saber. Acho então que sua atitude de desprezo acabou provocando raiva, e isso rola até hoje.

E não é só com a Phoebe, não. A Jasmin, apesar de que com menos intensidade, gosta de dar uns tapinhas na Belinha também. Só que a Jasmin não exagera como a Phoebe, que é mais agressiva.

E por falar em Jasmin, em São Paulo tem feito dias mais frios, e a minha pretolina linda voltou a dormir na cama e pedir chamegos. Nem imaginam como estou feliz agora! Acho também que são ciclos, algo como uma TPM felina que a deixa mais séria e sem querer conversa.

Sou tão boazinha... A culpa é toda da Phoebe!
O que importa é que agora estou chamegando a Jasmin de novo, tomando conta da Belinha e vigiando a Phoebe. Que trabalheira, viu?

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Jasmin na adolescência. Ô fase difícil!

Olá amigateiras (os), meio atrasada mas vou começando o ano no blog novamente. Está difícil tirar uma fotinho legal das meninas para postar aqui, mas hoje eu dei um jeito nessa situação e vim aqui contar uma fase que estamos passando: a adolescência da Jasmin.

A minha bebezona já está para fazer dois anos no próximo mês e está numa fase mais aborrecente do que nunca. Ela sempre foi bem criançona, na verdade ainda é, mas não está mais aquela bebezona de colo. Antes, ficava atrás da gente o tempo todo, pedindo colo e se fazendo de mimada. Agora, quer dormir sozinha em sua caminha, não atende quando a gente chama e se faz de difícil!

É até engraçado ver sua atitude, mas confesso que fico implorando para que venha dormir comigo, mas a danada já se acha dona no nariz. Porém, de vez em quando ela apela e pede o colinho, para a minha alegria. Ou quando está muito frio, acaba pulando na cama para uma sonequinha.

Lembro-me que a Phoebe teve a mesma fase, só que mais rebelde. Ela não queria graça e mordia se tentasse forçá-la a algo. Hoje, com seus quase cinco anos, está bem mais amável e carinhosa. Aliás, um grudinho da gente.

Como é fogo pra gente suportar essas rebeldias felinas, hein? Mas tudo bem, é uma fase que vai passar e logo ela ficará mais dengosa de novo (assim espero).

O que você quer, humana?

Te mostro a língua!

Vou me banhar, que ganho mais!

Close! (detalhe: esse monte de farelo branco nela é poeira mesmo que está nessa porquinha)